Home » Notícias » Brasil » Rio de Janeiro » Região dos Lagos » Araruama » A SAÚDE COBRA UMA RESPOSTA. | Vinícius Agner

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Bom dia Prefeito Miguel Jeovani, como vai o senhor? Tudo bem? Por acaso falta alguma coisa para o senhor tomar café? Sua residência oficial tem luz, água? E na caixa de correios, por acaso tem alguma notificação de corte por falta de pagamento ou algum oficial de justiça bate à sua porta para lhe intimar sobre algum pagamento não efetuado? Fiquei sabendo que o senhor é vovô, mas que notícia maravilhosa, que Deus guarde a sua família e nunca deixe faltar o alimento necessário para sua boa saúde, é prefeito, mas é sobre saúde que precisamos conversar.

Lembro muito bem que em agosto de 2012 (está aqui ó – https://www.youtube.com/watch?v=bjf4HifrygY) o senhor disse que iria transformar a saúde pública da água para o vinho, como você bem disse o problema nunca foi dinheiro, o que faltava era administração, mas que administração é essa que atrasa o pagamento dos funcionários? que administração é essa que deixa faltar material básico nas unidades de saúde do município? Que administração é essa que não dá uma satisfação aos seus colaboradores, ou quando é cobrada responde com ameaças de desemprego? Que administração é essa Prefeito que se ampara em um momento crítico ao invés de reunir forças com o que tem de melhor para passar com honra e compromisso (assim como o senhor postou no Facebook no dia 2 de outubro)?

Até 23:59 é sexta feira, foi pedido um voto de confiança pelo chefe do seu gabinete aos funcionários da saúde no protesto realizado essa semana, mas prefeito as contas não esperam, os filhos não tem como esperar, falta o pão, o leite, a carne, o remédio, o pagamento boleto do cartão, a água, a luz, nada disso espera, temos vergonha até de atender o telefone pois pode ser mais alguém cobrando alguma conta, a promessa que foi passada era que os pagamentos sairiam de quinta (27.10) para sexta (28.10), geralmente esses pagamentos são automáticos, feitos de um dia para o outro (caem na conta após a meia-noite) mas até o momento nada, hoje é dia do funcionalismo, nos dê um motivo para sorrir pois a cara já está amassada de tanto não dormir.

Estamos dispostos a esperar até as 23:59 para sorrir, do contrário teremos que fazer igual aos nossos cobradores, ou seja, ligar, se o telefone não for respondido iremos bater a sua porta até que nos pague o que nos for devido.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail


Categorias