Home » Notícias » Brasil » ENQUANTO VOCÊ DORMIA | Carlos Ney

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Não faltaram avisos.

Você, com a certeza dos puros, imaginou que dois milhões e meio de assinaturas iriam indicar o caminho.

A mesma certeza que você manteve, inalterada, mesmo diante de tantos exemplos vergonhosos, de que a Democracia a protegeria. 3 Poderes. Os pilares da nossa República.

Você foi dormir chorando, ainda com as fortes imagens da tragédia aérea vivas em sua mente.

Sua vontade, expressa nas assinaturas em favor das 10 medidas de combate a corrupção, teria que ser respeitada.

O dia seguinte transportou você de um pesadelo para outro.

Não são partidos políticos, são facções. Pagos para defender você, eles alforriaram-se de qualquer vínculo com a legalidade, para criarem cidadelas inexpugnáveis. Cuspiram, com o desprezo dos tiranos, sobre cada uma das assinaturas. A Politocracia, o regime que impuseram para espoliar sem castigo, foi declarada. A Cleptocracia, a imunidade absoluta para ratos com crachá, julgará, por abuso de autoridade, qualquer ato impetrado contra congressistas criminosos (redundância?).

Tivessem um pouco mais de inteligência e senso crítico, despiriam as caras camisas sociais e exporiam a camiseta com a frase “SOMOS TODOS PETRALHAS”!

Estivéssemos na “amada” Cuba ou na idolatrada Venezuela, o juiz Moro estaria preso por crime contra a soberania nacional.

Porque a soberania nacional é, agora, o que eles representam.

deputa

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail


Categorias