Home » Notícias » Brasil » Rio de Janeiro » Região dos Lagos » Araruama » VEREADORES DE ARARUAMA E O GADO ELEITOREIRO | Jaida Mundim

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

povo-marcado-620x450

Vem chegando as eleições municipais e novamente a gente percebe o surto psicótico que toma conta de certo tipo de pessoas.

Eu costumo os denominar de Gado Eleitoreiro.

Há alguns dias, a votação na câmara aumentando o salário dos vereadores causou revolta e reboliço, nas redes sociais, manifestos apoiando a não reeleição de nenhum dos atuais vereadores tomou força e os compartilhamentos desses manifestos se espalharam, mas, do que realmente adianta tudo isso?

Em Araruama, o vereador mais votado teve dois mil e poucos votos. Dependendo da coligação partidária, com mil e alguns votos o camarada senta na cadeira pra ocupar um cargo, que deveria ser com a função de fiscalizador em defesa da população, mas, o que todos sabemos e vimos de camarote neste último mandato, o que defenderam mesmo foi o interesse de um prefeito que entrou na prefeitura com um esquema completo de fraudes em licitações.

Aí surgem as campanhas de “Não venda o seu voto!”… Acho bonito… bacana mesmo… Mas, afinal, o que é vender seu voto? Será que vender seu voto é apenas quando você aceita R$ 50,00 por ele, ou tem outras maneiras de você ser comprado e você nem presta atenção nisso??

Conheço pessoas que são extremamente fieis a determinado político porque ele “cuida” delas… Quando elas precisam, conseguem médicos, transportes, remédios… E o mais engraçado nisso tudo é que essas pessoas não enxergam o quão compradas elas são!

Receber um benefício que seria direito de todo cidadão como um grande favor, é venda de voto sim!! E venda de voto da pior espécie, pois, muitas vezes, passa na frente de pessoas que necessitam muito mais deste tratamento!!

Ser fiel a um determinado político porque ele te concede benefícios é se vender e passar por cima de outros que não querem esse tipo de “amizade” e “proximidade” com políticos, apenas querem o que é seu de direito, como consta da constituição Brasileira…

A grande verdade é que existe uma enorme distorção de valores, uma ignorância enraizada que permite que o gado eleitoreiro siga em frente, com seus antolhos firmemente colocados para que não se enxergue nada mais do que interessa a esses politiqueiros e seus “bois” e “vacas”  que se contentam com as migalhas dadas e votam novamente em seus mandantes, pouco se importando com o bem comum, pouco se lixando se o outro morre, o que importa mesmo é se garantir.

Nessas eleições, iremos assistir a maioria desses que aí estão retornando para suas cadeiras, certeza de retornar eles tem, graças ao seu “povo gado” e as coligações partidárias, só que dessa vez com o polpudo salário de quase R$ 13.000,00, que eles mesmos aprovaram, porque não são bestas e pensam no futuro.

No deles, como sempre, obviamente.

Mas… Eles estão certos… Errado é o “povo gado” que não enxerga e continua pastando.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail


Categorias