Home » Notícias » Brasil » Rio de Janeiro » Região dos Lagos » Araruama » Blogueiros dos Jornais de Araruama » DILMA EDITA RESOLUÇÃO E “ADOLESCENTES” A PARTIR DE 12 ANOS DE IDADE PODERÃO TROCAR DE NOME PARA OUTRO SEXO SEM O CONSENTIMENTO DOS PAIS | Anderson Vidal

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

andA Resolução nº 12, de 16 de janeiro de 2015 emitida pelo Governo Federal prevê que adolescentes a partir de 14 anos terão o direito de serem chamados na escola por um nome que não seja do seu sexo biológico.
Assim, “João” de 12 anos, pode exigir que professores, diretores e funcionários da escola o chamem de “Rafaela”.

Mais do que isso, a Resolução ainda prevê que tal ato não precisa da autorização dos pais.

O que vale dizer que, mesmo que os pais não concordem, o “adolescente” de apenas 12 anos poderá ser chamado por nome do sexo oposto.

Vejam:
“Art. 8° A garantia do reconhecimento da identidade de gênero deve ser estendida também a estudantes adolescentes, sem que seja obrigatória autorização do responsável.”

MINHA OPINIÃO:
NÃO SOU CONTRA a pessoa querer mudar de nome e mudar de sexo, cada um faz o que quer com o seu corpo e a sua vida. Porém, sou totalmente contra a mudança do nome de uma CRIANÇA (mesmo o ECA considerando que a partir de 12 anos é adolescente), para um de outro sexo, sem o CONSENTIMENTO DOS PAIS!

Nessa idade não tem maturidade pscicológica para tomar uma decisão tão drástica, tanto é assim, que a mudança de sexo efetivamente só pode se dar APÓS A MAIORIDADE, quando a personalidade já está formada.

Os pais tem que educar, tem que disciplinar, pagar as contas MAS NÃO PODEM INFLUENCIAR O NOME DO FILHO DE 12 ANOS????

Isso não tem coerência.

Tal Resolução pode desencadear um surto de PRECOCIDADE (onde pessoas com 12 anos tomam decisões de adultos) e um surto de ROMPIMENTO DO PODER FAMILIAR (onde os pais terão que se submeter e se sujeitar às escolhas dos filhos, mesmo que eles tenham só 12 anos).
http://www.fenep.org.br/dou-1203/

Fonte: DILMA EDITA RESOLUÇÃO E “ADOLESCENTES” A PARTIR DE 12 ANOS DE IDADE PODERÃO TROCAR DE NOME PARA OUTRO SEXO SEM O CONSENTIMENTO DOS PAIS | Anderson Vidal

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail


Categorias