Home » Notícias » Brasil » Rio de Janeiro » Região dos Lagos » Araruama » Contratada para concurso em Araruama, Funcab acumula reclamações e processos 

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

IMAGEM_NOTICIA_5
A Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt , anunciada pela prefeitura de Araruama como organizadora do concurso para servidores da Prefeitura Municipal , acumula reclamações na internet e alguns processos por problemas na aplicação de provas em Rondônia, Mato Grosso do Sul e Sergipe.

Fluminense de Niterói, a empresa foi responsável pelo concurso de delegado de polícia rondoniense que acabou suspenso, em julho, por não seguir os mesmos critérios para todos os candidatos.

No mesmo estado, a diretora da fundação, Rosana Nobre Machado Bittencourt Silva, foi multada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-RO) por, entre outros itens, cobrar a legislação ambiental de Pernambuco para uma prova de técnico agrícola para o estado de Rondônia.

Em março, uma denúncia foi protocolada contra a Funcab no Tribunal de Contas, Assembleia Legislativa e Ministério Público, por concursos públicos para o governo de Rondônia por supostas fraudes entre os anos de 2011, 2012 e 2013.

Já em Campo Grande (MS), diversos fiscais que atuaram no concurso da Polícia Rodoviária Federal, no último mês de maio, denunciaram o não pagamento pela prestação dos serviços. Além do calote, a Funcab respondeu ainda por candidatos não terem recebido caderno das provas na capital sul-mato-grossense – o que suspendeu temporariamente as outras etapas do certame nacional.

Em Sergipe, em 2012, o Ministério Público Estadual interpôs ação cautelar para suspender um concurso organizado pela Funcab por ocorrência de supostos vícios nas provas objetivas e de redação.

Fonte: Bahia Notícias / Notícia / Contratada para concurso em Salvador, Funcab acumula reclamações e processos – 12/09/2014

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail


Categorias