Home » Notícias » Brasil » Rio de Janeiro » Região dos Lagos » Armação dos Búzios » Búzios oficializa campanha para tirar vela olímpica da Baía de Guanabara

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Associações comercial e hoteleira enviaram carta aos organizadores dos Jogos e vão lançar o “#VelaEmBúzios2016”.

Presidente da CBVela responde: “Peso é nenhum”

A Associação de Hotéis, a Associação Comercial e o Convention Bureau de Búzios se uniram em um movimento para tentar tirar as disputas da vela nos Jogos Olímpicos 2016 do Rio de Janeiro e colocá-las na cidade da Região dos Lagos do estado. Uma carta com a assinatura das três entidades foi enviada aos órgãos organizadores do evento oficializando o desejo do município em sediar as competições. O principal argumento: a antiga discussão da poluição da Baía de Guanabara.

Para tentar atrair apoiadores e chamar a atenção das principais autoridades, a campanha “#VelaEmBúzios2016” será lançada nos próximos dias, especialmente nas redes sociais. A carta foi endereçada ao Governo do Rio de Janeiro, à prefeitura da cidade, às secretarias de Esporte e Meio Ambiente (municipal e estadual), ao Governo Federal, ao Comitê Olímpico e Internacional (COI), ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e às federações de vela nacional (CBVela) e internacional.

– Búzios, assim como o Rio de Janeiro e o Brasil, torce pelo êxito do projeto de despoluição da Baía de Guanabara. No entanto, as autoridades assumiram que a meta de despoluição da Baía prevista para as Olimpíadas não será cumprida a tempo. Tal situação abre um espaço claro para pleitearmos Búzios como sede oficial à disputa de Vela. A cidade está apta e disponível para acolher o evento em todas as condições necessárias – dizia parte da carta.

De fato, a possibilidade dos 80% de despoluição da baía, meta estipulada pelo governo do Rio, não ser alcançada é grande. O próprio diretor-executivo do COI, Christophe Dubi, admitiu que essa porcentagem pode ser atingida apenas depois da realização dos Jogos Olímpicos. O desejo de Búzios de sediar as disputas da vela também não é nenhuma novidade. A chance já havia sido cogitada outras vezes de forma extra-oficial, mas sempre rechaçada pelos organizadores.

O principal porta-voz do movimento chama-se Ricardo Winick, o Bimba. Tetracampeão pan-americano e ouro em Toronto recentemente, o atleta mora em Búzios e não esconde que a ideia o agrada. No entanto, até ele acredita que as chances de uma mudança a tão pouco tempo para o início do evento – exatos 373 dias – são pequenas.

– Eu apoio a ideia de vir para Búzios. Se resolverem trazer as Olimpíadas para Búzios, tenho todo interesse, seria um sonho competir em casa, mas acho que a Olimpíada no Rio também não vai ter problema. Já estamos treinando há um tempão, tudo está acontecendo lá. Se, por um acaso, viesse para Búzios, eu ficaria amarradão. Acho muito (difícil), quase impossível. Sinceramente. Mas se vier, eu apoio. Está muito em cima, a cidade poderia ter se preparado melhor antes – diz o atleta.

A carta lembra, ainda, que Búzios é uma das cidades que mais recebe eventos nacionais e internacionais de vela no Brasil, como o Mundial da classe Laser 4.7, o Sul-Americano da classe RSX; os Campeonatos Brasileiros das classes Laser Standard, Radial e 4.7; e o Búzios Sailing
Week. Além disso, o município foi declarado como a “Capital da Vela” por meio da Lei estadual no 2549/2009.

Fonte: Globo esporte

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail


Categorias