Home » Notícias » Brasil » Rio de Janeiro » Região dos Lagos » Casimiro de Abreu » Casimiro de Abreu, RJ, recebe mostra em homenagem ao meio ambiente

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

(Foto: Vitor Nantes/Secom Casimiro de Abreu)

Exposição de fotografia foi criada por Jefferson Antunes. Mostra faz parte das comemorações pelo Dia do Meio Ambiente.

‘Atitudes Sustentáveis’ será lançada nesta quinta-feira (4), às 19h, no Museu Casa de Casimiro de Abreu, no interior do Rio. A exposição foi criada pelo fotógrafo Jefferson Antunes. A mostra de fotografia se baseia em uma música de Léo Jaime que fez sucesso nos anos 80, quando Jefferson clicou moradores conhecidos e anônimos de Barra de São João. Eles tinham cartazes nas mãos pedindo cuidado e amor pelo patrimônio natural e histórico do distrito.

A entrada é gratuita e a mostra fica no Museu Casa Casimiro de Abreu até 28 de junho. O endereço é Rua Bernado Gomes, s/nº, em frente à Praça As Primaveras e o espaço funciona diariamente das 9h às 17h.

“Em 15 dias selecionamos algumas pessoas que já fazem algum trabalho de preservação e que amam Barra de São João, como D. Elenir, do Cantinho do Leitor”, comentou o fotógrafo. Além desta, os vistantes poderão ver mais 20 fotos de amantes da natureza em seus recantos preferidos.

Jefferson Antunes mora há mais de 15 anos no distrito e essa proximidade com as belezas naturais do lugar o fizeram se engajar na defesa do meio ambiente. De acordo com ele, o lançamento da exposição, pensado para ser a véspera do Dia Mundial do Meio Ambiente, não foi escolhido ao acaso. “A data vai marcar também a fundação da Associação Doce Sal – Atitudes Sustentáveis”, lembra.

Nascida de um trabalho voluntário e formada por uma equipe multidisciplinar, a Doce Sal surge como uma instituição que, a partir da conscientização ambiental, pretende transformar a visão dos munícipes e visitantes em relação à preservação e às atitudes sustentáveis.

“A exposição vai iniciar as atividades da Associação. Vamos realizar plantio de árvores, exposição de peças rústicas feitas pelo Mestre Tuti com materiais encontrados no Rio São João, dentre outras atividades já programadas”, adiantou a jornalista e membro-fundadora da Doce Sal, Juliana Guzzo.

Fonte: G1

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail


Categorias