Home » Notícias » Brasil » Rio de Janeiro » Região dos Lagos » Araruama » Corpo de mulher passa 4 dias em UPA e pacientes denunciam

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

UPACheiro forte chamou a atenção dos pacientes em Araruama, no RJ.Mulher era moradora de rua e corpo precisava de liberação da Justiça.

O corpo de uma mulher passou quatro dias em uma Unidade de Pronto Atendimento de Araruama, na Região dos Lagos do Rio, enquanto a unidade não conseguiu liberação da Justiça para o enterro. Moradores denunciaram o mau cheiro na unidade proveniente da decomposição do corpo. A mulher, que estava em situação de rua, foi internada na unidade mas não resistiu e morreu na última sexta-feira (18), de causas naturais.

A Secretaria de Saúde do município aguardou até esta segunda-feira (21) por uma autorização. De acordo com informações da secretaria, o pedido foi feito no sábado (19) à Justiça. Nesta segunda, a secretaria conseguiu uma autorização do delegado da 118ª DP, Luiz Henrique Pereira, para fazer o sepultamento no Cemitério Público Municipal.

Fonte: G1

OBS: A denúncia no grupo do Facebook Jornais de Araruama.

Leia também: FIM DOS TEMPOS – CORPO EM DECOMPOSIÇÃO NA UPA ARARUAMA AGUARDANDO LIBERAÇÃO DESDE SEXTA-FEIRA

CORPO EM DECOMPOSIÇÃO PERMANECE NA UPA DE ARARUAMA COM PROMESSA DE REMOÇÃO PARA O IML AS 9 HORAS

Finalmente corpo em decomposição é removido pelo IML – UPA Araruama – ASSISTA O VÍDEO

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail


Categorias