Home » Notícias » Brasil » Rio de Janeiro » Região dos Lagos » Araruama » DE VOLTA AO MUNDO REAL – HORA DE COLOCAR OS PÉS NO CHÃO | Jaida Mundim

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

PLANETA

Tem alguns dias que estou evitando ficar online.

A coisa chegou a um ponto que as pessoas começam a esquecer o fundamental e discutem até por causa de preferências alimentares.

Você entra e logo se depara com um debate, que normalmente acaba em discussão, sobre os mais variados assuntos.

O assunto da hora é o estupro coletivo.

Sim, porque, apenas estupro, já é coisa ultrapassada. A moda agora é de 30 pra cima. E tem gente que ainda quer culpar a adolescente de 16 anos, que pode até ser já uma mulher provocativa, o que não dá direito à 33 homens de estuprá-la.

Mas, as coisas mudaram.

Crime não é mais crime.

É assunto de debate.

Só me dei conta da loucura que assola as redes sociais, quando pela manhã, me deparo com o INBOX de um velho amigo, que eu via sempre debatendo idéias, dizendo apenas: Anote meu telefone, estou saindo do Facebook, Beijos.

Provavelmente não suportou. E acho bem compreensível que não tenha suportado uma vez que as coisas chegaram ao ponto em que chegaram.

As pessoas estão surtando. Passou da hora de cada um sair um pouco de frente deste maldito celular que apita… A gente viveu muito tempo sem isso… Tá na hora das pessoas valorizarem mais o mundo real.

Eu, já faz alguns anos, entro todos os dias nesse mundo virtual à trabalho, dedico algumas horas ao debate, mas, ó… Já deu.

Tá na hora da gente parar, respirar fundo, desligar o celular quando for sair com parentes e amigos, prestar mais atenção no outro, e só entrar aqui pra se divertir, debater com serenidade, e tentar chegar a uma conclusão em conjunto do que pode ser melhor pro seu país, pro seu estado, pro seu município, pro seu bairro, pra sua rua e pra sua casa.

Esse ano é ano de eleições Municipais, vivemos um momento bastante delicado na cidade de Araruama, onde os “correligionários” cantam aos quatro ventos que “Miguel tem dezessete milhões para investir na sua campanha”. Não sei o que isso significa, será esse o preço de uma cidade? Enfim, hora de abrir os olhos e acordar. E parar com isso de querer ser o dono da verdade.

Espero que tudo passe bem depressa, que outubro chegue, que a cidade se redefina e que a gente volte a discutir apenas diferenças ideológicas, de maneira respeitosa e bem humorada, como sempre fizemos.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail


Categorias