Home » Notícias » Empresários investem durante a crise para lucrar no futuro no interior do Rio 

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Cidades como Macaé e Rio das Ostras continuam recebendo investimentos. Objetivo é colher os frutos após a retomada do crescimento econômico.

O cenário econômico no Brasil tem levado preocupação aos empresários. Cortar gastos, reduzir a produção e até demitir estão na pauta em muitas empresas. No entanto, há empresários seguindo na direção contrária. O resultado é que municípios como Macaé e Rio das Ostras, no litoral do Rio, seguem recebendo investimentos neste período.

“Em Macaé por exemplo, o mercado financeiro está muito favorável para quem quer investir nesse momento, com custos mais reduzidos. Essa é a hora pra quem pretende adquirir um local próprio para o seu estabelecimento”, aponta o administrador especializado em economia Vitor Vargas.

Seguindo nesta linha, o empresário Júnior Machado, sócio proprietário de dois restaurantes em Rio das Ostras e um em Casimiro de Abreu, se prepara para abrir o quarto em Macaé. O investimento deve gerar 40 empregos diretos e indiretos. O empresário espera recuperar esse montante em até dois anos e começar a faturar.

“Eu acredito que a crise econômica é temporária, e que em breve voltaremos a faturar. O investimento durante a crise é interessante porque aparecem mais oportunidades”, afirma ele.

Outro exemplo é o da empresária Tamyres Fontes. Ela tem duas lojas de roupas femininas em Rio das Ostras e vai abrir uma terceira voltada para o público masculino. Segundo Tamyres, é no período de crise quando aparecem as melhores oportunidades.

“A cidade esta passando por momentos difíceis, assim como o restante do país. Mas o que falta é confiança e não dinheiro”, acredita ela, que busca a liderança em seu setor e pretende aproveitar o momento para adquirir bons pontos comerciais: “na alta os preços são muito abusivos”, conclui.Restaurante vai abri nova unidade em Macaé: investimento na crise para lucrar no futuro (Foto: Divulgação)

Fonte: G1

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail


Categorias