Home » Notícias » Brasil » Rio de Janeiro » Região dos Lagos » Araruama » HOJE, DIA 26 DE MARÇO, NO PROJETO ARTE E CULTURA NA PRAÇA, A COMÉDIA “PRETAS POR TER” COM ALBERTO DAMIT

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

RELEASE:

PRETAS POR TER

Foi em 2002, após sua estreia no festival de Curitiba que Pretas Por Ter se apresentou em Araruama, de lá para cá muito foram os convites para se apresentar na cidade, mas nunca em praça publica. Dia 26 de março este sonho da Cia será realizado, graças ao convite da Secretaria de Cultura de Araruama.

Pretas Por Ter é uma comédia onde duas  professoras disputam o poder numa sala de aula.

Várias são as razões para estes 17 anos de estradas, uma delas é o estilo baiano de fazer humor marcado pelo teor “cítrico” e a irreverência. Outro motivo é a forma inovadora de promover o espetáculo, a Cia. Baiana de Risos, desenvolve passeios por toda cidade improvisando e brincando com todos.  O texto de Alberto Damit que, recheado de referências aos costumes e tipos baianos, foi construído a partir de pesquisas sobre o comportamento preconceituoso do negro para com o próprio negro e na narrativa faz uso da comédia como veículo de reflexão. A construção das personagens é outro ponto alto da encenação. Em quase todas as sessões as pessoas reconhecem a professora conservadora, ortodoxa e cheia de manias pedagógicas ultrapassadas e Marlene uma orientadora disciplinar popular, totalmente consciente de sua condição racial. Os reflexos do sucesso chegaram a São Paulo, cuja montagem com atores paulistas, obteve igual sucesso.

A nova temporada de Pretas por Ter  tem  a participação especial de Xanddy, do Harmonia do Samba, fazendo a voz do diretor do cursinho.

A história se desenrola no dia em que uma professora adoece e precisa ser substituída. Altair é designada para substituí-la e Marlene, inconformada, decide atrapalhar os planos da outra utilizando toda sorte de artimanhas e interferindo o tempo todo na aula. O sucesso do espetáculo já rendeu duas montagens simultâneas, uma paulista e a nossa baiana.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail


Categorias