Home » Notícias » Brasil » Rio de Janeiro » Região dos Lagos » Araruama » O PROBLEMA NUNCA FOI DINHEIRO – A NOVA CARA DA SAÚDE DE ARARUAMA -CAPÍTULO SEI LÁ QUAL – O FECHAMENTO DO PS DE PRAIA SECA | Vinícius Agner

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

miguel

O ano era 2013 o mês era fevereiro mais precisamente um pouquinho antes do Carnaval, ainda extasiado pela conquista da prefeitura e com toda sua comitiva (leia-se puxa sacos), fogos, pompa e textinho bonito na internet (http://migre.me/vsNFC) o então “administrador” da cidade deu indícios de que poderia sim dar uma cara “saudável” para a saúde de Araruama, porém estamos em novembro de 2016 e praticamente as vésperas do findar do ano, eis que após uma tempestade o que parecia ser um rosto lindo e saudável não passou de pura maquiagem daquelas mais baratas mesmo que borram até com suor, os moradores e frequentadores de Praia Seca acordam atônitos e estarrecidos com a notícia do fechamento da sua unidade de saúde, logo no distrito aonde residem várias pessoas da terceira idade e dependentes de um pronto atendimento, o distrito fica distante das unidades de saúde do município, dificultando assim um pronto atendimento rápido e que pode determinar se a pessoa vai viver ou não, além do atraso no pagamento dos salários dos trabalhadores que ali tão bem serviam a população, da demissão daqueles que apenas cobram o que é seu por direito, agora o povo vai ter que se virar nos 30 para poder ter o direito à saúde básica, não dá nem para acelerar muito pois as ruas do distrito estão em péssimas condições e a via que liga Praia Seca a Araruama é uma das mais perigosas estradas do estado, ou seja, no final ele ainda come caviar e a galera nem osso tem para roer ou seja, no final ele ainda come caviar e a galera nem osso tem para roer, por falar em osso duro a turma ainda tem que conviver com a falta da coleta de lixo, dizem as boas línguas (aquelas que lambem) que teremos uma bela árvore de natal na lagoa esse ano, está aí uma boa ideia poderíamos usar todo esse lixo como penduricalho e símbolo do que foi o seu governo, lá no alto ao invés de uma estrela colocamos as cabeças dos servidores que estão passando fome nesse exato momento, aliás dizem as más línguas (aquelas que dizem a verdade) que o “Sr. Administrador” está comprando um Shopping Center no Rio de Janeiro, quem sabe em um dia de um futuro qualquer poderemos fazer nossas necessidades fisiológicas (compras) lá..

No apagar das luzes de uma administração que entrará para a história como a pior de todas, o atual governo mostra a sua verdadeira face.

mascara

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail


Categorias