Home » CASO DE POLÍCIA » PM tem denúncias sobre ‘abrigo’ de ‘Fat Family’

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

fat-familyProtegido em um abrigo e cercado por ‘seguranças’ em uma comunidade da Região dos Lagos. Assim estaria o traficante Nicolas Pereira de Jesus, o Fat Family, resgatado do Hospital Souza Aguiar, no Centro do Rio, há dez dias. A informação é uma das que foram repassadas ao Disque-denúncia (2253-1177) nos últimos dias. O comando do 25ºBPM (Cabo Frio), cuja área de atuação são as cidades da Região dos Lagos, montou várias operações com objetivo de localizar o criminoso, que está, literalmente, com a ‘cabeça a prêmio’, já que é oferecida uma recompensa no valor de R$ 3 mil para quem der informações sobre seu paradeiro, através do Disque-denúncia.

De acordo com o comandante do batalhão de Cabo Frio, o, tenente-coronel André Henrique Oliveira, existe uma norma, que determina que haja prioridade em alguma ação operacional que possa levar ao esconderijo do criminoso. As operações podem ser intensificadas e envolver mais de uma equipe de acordo com o número de denúncias.

Fonte: O São Gonçalo

OBS: Em virtude da edição feita pelo site original da notícia, referente a suposta localização do procurado, onde o site citava duas cidades da região dos lagos, estamos  fazendo a mesma edição nesta matéria. 

NOTA IMPORTANTE DO JDA

Ontem a tarde, um dos integrantes da página questionou a notícia postada referente ao esconderijo do procurado Fat Family, publicada pelo JDA em sua íntegra, tendo como fonte o Blog O São Gonçalo. No questionamento o integrante nos confrontava alegando que o JDA havia modificado a matéria incluindo as cidades de Araruama e Cabo Frio.

Imediatamente fomos conferir no link fornecido pelo integrante e constatamos que realmente havia sido feita uma edição e o citado blog havia retirado o parágrafo onde esta citação acontecia.

Fizemos a edição também no JDA e publicamos a errata.

Hoje pela manhã, nossa consultora virtual fez uma busca e se deparou com a mesma notícia no mesmo blog, novamente com a citação das duas cidades.

Como o JDA tem como prioridade a verdade, estamos postando o Print da página para que todos vejam a matéria e sua origem.

Mais uma vez, o JDA “mata a cobra e mostra o pau”.

Grata pela atenção,

Jaida Mundim/JDA – ARARUAMA 03/07/2016

sao

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail


Categorias