Home » Notícias » Brasil » Rio de Janeiro » Região dos Lagos » Cabo Frio » Sem pagamento, coveiros ameaçam não sepultar corpos em Cabo Frio, RJ

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

(Foto: Reprodução/ Inter TV)

Trabalhadores se reuniram nesta quarta-feira (13) no cemitério Santa Izabel. Enterro programado para 11h sofreu atraso por conta do ato.

Coveiros em Cabo Frio, Região dos Lagos, cruzaram os braços na manhã desta quarta-feira (13) afirmando que só fariam sepultamentos ao receber os salários referentes ao mês de dezembro. Um ato foi realizado em frente ao cemitério Santa Izabel, no bairro Portinho, e gerou o atraso no enterro do pai da esteticista canina Elvia Regina Moreira, que estava programado para as 11h.

“Foi um choque. Não esperávamos passar por isso. É muito triste. A gente sofrendo com a perda de um ente querido e ter que passar por isso. É uma vergonha o prefeito da cidade deixar de pagar as pessoas para pagar fogos para turistas”, disse a esteticista.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais da cidade (Sindcaf), Olney Vianna, 13 funcionários concursados ficaram sem trabalhar. Eles cobram também melhorias nas condições de trabalho e equipamentos de proteção individual como luvas e máscaras.

Segundo a categoria, que se sensibilizou com a família de Elvia Regina Moreira para realizar o sepultamento, se a prefeitura não cumprir com a palavra de realizar os pagamentos até 16h desta quarta-feira, mais nenhuma exceção será aberta e o município ficará sem enterrar os mortos até o dinheiro cair na conta de todos os funcionários que estão sem receber.

“Os trabalhadores estão sem condições de trabalho. Não têm máscaras e luvas, por exemplo. Essa paralisação de hoje (quarta-feira) mostrou a importância do serviço dessa categoria. Mas se a prefeitura mais uma vez não cumprir com os pagamentos, desta vez não terá desculpa. Os serviços vão  paralisar de vez”, declarou o presidente do Sindcaf, Olney Vianna, que afirmou também que irá enviar um ofício ao Ministério do Trabalho exigindo melhorias para a categoria.

Procurada, a assessoria de imprensa de Cabo Frio informou apenas que o município ainda não tem um posicionamento oficial sobre o caso.

Fonte: G1 

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail


Categorias