Home » Notícias » Brasil » Rio de Janeiro » Região dos Lagos » Araruama » TRAGÉDIA NO CARNAVAL 2016 EM ARARUAMA- Jovem morre eletrocutada

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

A jovem Gabriela Machado Roberto, de 18 anos (Ela completaria 19 em 22 de Março ), faleceu na noite deste domingo (07), eletrocutada por um fio luz, que teria se rompido e caído sobre ela quando passava de moto com um amigo, que teve seu corpo queimado, segundo os médicos, em 30%. A tragédia aconteceu em Praia Seca, distrito de Araruama.

Segundo testemunhas, no local havia uma equipe da Ampla, trabalhando, o que pode ter ocasionado o rompimento do fio.

Gabriela deixa uma filha de 3 anos e iria completar 19 anos no próximo dia 22 de fevereiro.

A polícia investiga o caso.JOVEM

Fonte: Jornal de Sábado

POSTAGEM FEITA  NO GRUPO JORNAIS DE ARARUAMA:

ScreenShot003

Nota da AMPLA sobre o ocorrido:

“A Ampla lamenta profundamente o acidente ocorrido em Araruama no último domingo (07.02), envolvendo um cabo de média tensão da companhia. 

A empresa informa que está investigando as causas do acidente, acrescenta que providenciou a transferência do jovem ferido no acidente para o Hospital das Clínicas de Niterói e que ofereceu assistência as famílias das vítimas.”

Leia mais em:

JOVEM MORTA POR FIO DE ALTA TENSÃO FOI SEPULTADA ESTA SEGUNDA EM IGUABA GRANDE

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail


3 thoughts on “TRAGÉDIA NO CARNAVAL 2016 EM ARARUAMA- Jovem morre eletrocutada

  1. Carlos Figueira disse:

    Ela completaria 19 em 22 de Março não Fevereiro.
    Biela eterna em nossos corações, tio papinho reza por vc!

  2. Miguel disse:

    As ruas próximas ao acidente estavam parcialmente sem luz e por volta das 19:30 hs a ampla foi comunicada que havia um fio de alta tensão partido na rua do acidente e que agissem rapidamente, pois alguém poderia ser eletrocutado no local, porém nada foi feito. Somente após a tragédia e a ligação do corpo de bombeiros para a ampla comunicando o acidente que ampla tomou providências. Lamentável que uma empresa que possui o monopólio de distribuição de energia elétrica não cumpra com as suas obrigações em tempo hábil e todos os moradores que moram nas proximidades estavam reféns do acidente e eram potencias vítimas. Até quando a população terá que cumprir suas obrigações, pagando altas taxas de energia, prazo para pagar a conta e continuar recebendo um serviço de má qualidade e ter que pagar com a própria vida pelo mal serviço recebido??

Comments are closed.

Categorias